Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«Dançarinos maoris»

E uns cortes

 

 

      «Mas nem todos são seus fãs. O jornal conservador The Times escreveu: “A razão pela qual é tão comum dizer que a Rainha faz muito bem o seu trabalho é porque ela na realidade não tem trabalho nenhum, a não ser que consideremos como tal o facto de olhar para os dançarinos Maori com um sorriso congelado nos lábios» («A Rainha que já deu conselhos a 12 primeiros-ministros britânicos», Susana Salvador, Diário de Notícias, 2.06.2012, p. 29).

      Quase, quase, Susana Salvador: então não é «dançarinos maoris» que se diz? Ora experimente lá consultar o tão acessível Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. E a frase precisava de uns cortes, não da tal nefanda tesoura que por aqui pervagou, qual alma penada, mas de uma criteriosa.

 

[Texto 1628]

4 comentários

Comentar post