«Quantas menos, melhor»

Medida e proporção

 

 

      «E já sabe, chefe: quantas menos alterações houver, melhor para todos nós», preveniu-me, de dedo em riste, o homenzinho. Para as gramáticas modernas, a estrutura de uma oração subordinada adverbial proporcional só pode ser «quanto mais/menos..., melhor». Nem sempre, porém, foi assim.

 

 [Texto 1746]

Helder Guégués às 17:09 | favorito
Etiquetas: