Sobre «marchante»

E o marchand

 

 

      Em Espanha, continua a marcha dos mineiros das Astúrias, Leão e Castela sobre Madrid. «Bolhas nos pés: o principal problema dos marchantes», lê-se na edição de hoje do Diário de Notícias. E também há os marchantes das festas populares em Lisboa. Para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, porém, marchante continua a ser somente «aquele que negoceia em gado para os açougues ou talhos». O mercator pecuarius, como no tempo de Bluteau.

 

 

 [Texto 1780]

Helder Guégués às 05:59 | comentar | favorito
Etiquetas: