«Zona de guerra»

Rangeres de dentes

 

 

      «O mercado de operações de alto risco em cenários de conflito armado está a ser procurado por jovens que acabam contratos militares em forças especiais portuguesas. Exemplo disso é o facto de 20 ex-operacionais rangers, que tiveram formação no Centro de Tropas de Operações Especiais de Lamego, estarem, neste momento, a obter certificação para conseguirem trabalhar na área em que morrer faz parte do trabalho» («Ex-militares portugueses recrutados para zonas de guerra», Luís Fontes, Diário de Notícias, 8.07.2012, p. 20).

      Ora, muito nos surpreeende, porque os jornalistas gostam muito da expressão war theater, perdão, teatro de guerra. Mas levamos com os rangers.

 

 [Texto 1787] 

 

Helder Guégués às 12:43 | favorito
Etiquetas: