O absoluto desmazelo

Ninguém se importa, ao que parece

 

 

      «Um labitinto feito de pereiras, ameixeiras, maceeiras e oliveiras. [...] O projeto funciona como uma espécie de aldeia praticamente autosuficiente, com serviços necessários para a subsistência dos seus quase 400 habitantes. [...] Uma queijaria e um fumeiro são alguns dos projetos a curto prazo, que vão contar com o apoio da EDP. O parque tem ainda planos para a construção de um hospital, assim como a preparação da candidatura do Hotel Quinta da Paiva, uma maneira de tornar o projeto economicamente autosuficiente» («Prémio para ‘aldeia’ que integra deficientes», Mariana Barbosa, Diário de Notícias, 9.07.2012, p. 17).

      Palavras para quê, não é? É o moderno Diário de Notícias. De escola de revisores para isto que agora vemos todos os dias. Todos.

 

 [Texto 1791]

Helder Guégués às 10:46 | favorito
Etiquetas: