«Xeque/xeique»

Chefe de tribo africana

 

 

      Xeique? «Em português, porém, em prosa de clássicos, escreveu-se sempre xeque», lê-se na Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. No Vocabulário da Língua Portuguesa de Rebelo Gonçalves, entre os topónimos Xefina e Xeldém, também só irão encontrar o vazio, uma entrelinha, pois não regista «xeique». Como também o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora o não regista. Ainda assim, há quem se ache no direito de «corrigir» quem escreve «xeque». Impressionante.

 

 [Texto 1801]

Helder Guégués às 12:52 | comentar | favorito
Etiquetas: