«Net Cafés»!

Retrocessos

 

 

      «Nos nossos dias, há pontos de Internet e Net Cafés por toda a parte. Quando Ray Bradbury era novo e nenhum escritor de ficção científica (FC) tinha ainda antecipado a Internet (na realidade, nunca nenhum o fez), havia nos EUA locais onde se podia pagar para escrever à máquina» («Ray Bradbury nunca escreveu num computador», Eurico de Barros, «Q.»/Diário de Notícias, 7.07.2012, p. 20).

      E não se diz e está mesmo dicionarizado «cibercafé»? E para quê as maiúsculas iniciais?

 

 [Texto 1810]

Helder Guégués às 07:42 | comentar | favorito
Etiquetas: