«Tratar-se de», desta vez certo

Mas algo está mal

 

 

      Por um momento, pareceu-me que também Jorge Moreira da Silva, coordenador da Comissão Política Nacional do PSD, tinha dito, a propósito do bispo das Forças Armadas, «tratam-se de afirmações», mas voltei a ouvir e não. Disse bem, desde já o anuncio ao País. Mas a gravata estava à banda e a camisa não é adequada para aparecer na televisão, por ter riscas pouco espaçadas, que fazem batimento e arrastamento, confundindo-nos os olhos. Como diria alguém do PSD, não esteve bem. Mas não lhes ensinam isto na Universidade de Verão? Ah, não é para aprender nada...

 

 [Texto 1841]

Helder Guégués às 15:51 | favorito
Etiquetas: