Léxico: «estufeiro»

Não só nem principalmente

 

 

      «“Há uma nova geração que surge com esta coisa maravilhosa que foi a democracia em Portugal. Que saíram para estudar e voltaram.” Aos 46 anos, José Carlos Frias parece falar como se tivesse muito mais – mas porque, apenas, viu mudar radicalmente a sua terra. Filho de um estufeiro sindicalista da Fajã de Baixo, São Miguel (a terra de Natália Correia) – “Era uma profissão muito nobre aqui nos Açores, a de quem cuida da produção do ananás desde o cultivo da planta até o ver crescer”» («Bom tempo no canal», Fernanda Câncio, Diário de Notícias, 14.10.2012, p. 27).

      Quase todos os dicionários afiançam que estufeiro é o que faz estufas. O que me parece, e as palavras de José Carlos Frias comprovam, é que nem todos os estufeiros fazem estufas: alguns, talvez a maioria, trabalham nas estufas. Para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, também é aquele que faz estufas. Contudo, no Dicionário de Português-Inglês da Porto Editora, o termo inglês correspondente a «estufeiro» é greenhouse keeper — que não é quem faz estufas. Mais perto da verdade anda o Dicionário Houaiss, que define como estufeiro o indivíduo que se ocupa de estufas. Semear, plantar, mondar, sachar, regar, colher... Também comprovei que todos os dicionários ignoram os leiveiros...

 

[Texto 2203]

Helder Guégués às 10:10 | comentar | favorito
Etiquetas: