«Ter direito a»

De quem é o direito?

 

 

      O tal engenheiro queimado por mil sóis africanos chegou ontem muito atrasado à reunião com o empreiteiro e deitou logo as garras de fora: «Têm direito a uma multa de 2,5 % por cada semana de atraso na obra. Façam as contas.» Garras rombas, afinal. Está errado, Sr. Eng.

 

[Texto 2216]

Helder Guégués às 16:45 | favorito
Etiquetas: