Dr. Hífen, traído

Nasceu um novo topónimo?

 

 

      Todos já ouvimos ou lemos Entre-Douro-e-Minho. Apareceu algo parecido. Foi nesta sinopse, que se pode ler no sítio da Leya, da obra Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, de Paulo Feytor Pinto: «Neste livro apresentam-se todas as regras da ortografia em vigor em Portugal segundo o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, de 1990. Tal significa que inclui as regras que constituem novidade e que, por isso, estão devidamente assinaladas a vermelho, mas também as regras que se mantêm inalteradas. Além disso, diante da possibilidade de dupla grafia no conjunto dos países de língua oficial portuguesa, apresenta-se aqui a ortografia a utilizar em Portugal, em contextos formais, de acordo com a pronúncia da norma culta do português europeu, baseada no dialeto de entre-Lisboa-e-Coimbra, de acordo com o dicionário da Academia das Ciências de Lisboa.»

 

[Texto 2235]

Helder Guégués às 18:52 | favorito
Etiquetas: