Ortografia: «eldorado»

Mas está nos dicionários

 

 

      «Com o País em crise, houve quem encontrasse na China o seu eldourado. Produtos portugueses como vinho, azeite, charcutaria, mel e até... arroz estão a fazer sucesso do outro lado do mundo. Tanto que nos primeiros oito meses do ano, Portugal exportou bens no valor de 821,5 milhões de euros, de acordo com as estatísticas chinesas citadas pelo embaixador em Pequim, José Tadeu Soares» («Já vendemos arroz e mel para a China», Ana Bela Ferreira, Diário de Notícias, 27.10.2012, p. 14).

      Cara Ana Bela Ferreira, então não é eldorado que se escreve? «El, lo, la são formas arcaicas do artigo definido, usadas no período em que o português se estava formando. El é hoje apenas empregado em el-rei (= o rei) e Eldorado (região fantástica situada entre o rio Amazonas e o rio Orenoco)» (Gramática Metódica da Língua Portuguesa, Napoleão Mendes de Almeida. São Paulo: Edição Saraiva, 1973, 24.ª ed., p. 115).


[Texto 2262]

Helder Guégués às 21:30 | comentar | favorito
Etiquetas: