Uso do itálico

Etc.

 

 

      Apesar dessa operação preliminar de revisão, deveriam os autores imprimir maior cuidado à elaboração de seus originais, facilitando, assim, sobremaneira, o mister dos revisores de texto, etc.

      É Faria Guilherme, nos idos de 60, que o escreveu. Reparem: o etc. não está grafado em itálico. E porquê? Porque é uma intromissão de alguém, minha, neste caso, no texto de outrem. Se é — tem de se dar a entender claramente ao leitor.

 

[Texto 234]

Helder Guégués às 16:01 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: