Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linguagista

«Tratar-se de»

E eles agradecem?

 

 

      «No quinto consistório do seu pontificado, Bento XVI nomeou ontem seis novos cardeais, com a particularidade de se tratarem, todos, de personalidades de fora da Europa: Américas (norte-americano e colombiano), Ásia (indiano e filipino), Médio Oriente (libanês) e África (nigeriano)» («Bento XVI nomeia seis cardeais de fora da Europa», Albano Matos, Diário de Notícias, 25.11.2012, p. 26).

     A construção tratar-se de é impessoal, pelo que apenas se conjuga na terceira pessoa do singular. É, a todos os títulos, lamentável que um jornalista não o saiba.

 

[Texto 2360]