Como se escreve nos jornais

Há sempre pior

 

 

      «O nome Medina Carreira será, de acordo com fontes judiciais, um código criado por Francisco Canas, um dos arguidos do processo e que seria o angariador em Portugal de dinheiro para colocar na Suíça, que se encontra em prisão preventiva, para identificar outro cliente. Já Manuel Vilarinho, ex-presidente do Benfica, teve, de facto, uma ligação ao esquema. Mas antecipou-se e aderiu ao Regime Especial de Regularização Tributária (RERT), evitando qualquer tipo de acusação. Conclusão: nenhum dos buscados foi constituído arguido» («Buscas a casas de Medina Carreira e Vilarinho foram dois “tiros no escuro”», Carlos Rodrigues Lima, Diário de Notícias, 8.12.2012, p. 4).

      Então agora as pessoas alvo de buscas por parte das autoridades são «buscados»? Muito me conta, Carlos Rodrigues Lima. E não encontrou melhor redacção do que «colocar» dinheiro?

 

[Texto 2410]

Helder Guégués às 08:30 | comentar | favorito
Etiquetas: