Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Palavra de 2012

Venceu a insensatez

 

 

      «É o estado de espírito do país que durante 2012 andou às voltas com a troika. Não será por isso de estranhar que “entroikado” tenha sido eleita a palavra do ano numa votação organizada pela Porto Editora. O adjectivo não terá sido usado com muita frequência, mas é a palavra que parece representar melhor o ano que acabou agora» (“Entroikado” é a palavra num ano de crise, cortes, impostos e desemprego», Cláudia Carvalho, Público, 5.01.2013, p. 26).

      E não, não terá sido usado com muita frequência, se é que alguma vez se usou. Nunca esteve na presença dos meus ouvidos ou dos meus olhos.

 

[Texto 2483]

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Montexto 27.01.2013 17:43

    5-XVII-b)

    Quem implicar na nímia proximidade de dois fosse, e até de foram antes do segundo deles, como por ex. eu, escreverá:

    «Levaram-no para Argel, e talvez fosse lá que conheceu Cervantes, ou também pode ser que o dizer-se que os dois foram amigos seja resultado das referências que este lhe faz em Los Trabajos de Persiles y Sigismundo (ed. de 1617); é possível ainda que se encontrassem em Lisboa em 1590, ou em Madrid.»

  • Comentar:

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.