Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Serra de Guadarrama

Outra surpresa

 

 

      «Na Península Ibérica, foi identificado pela primeira vez o fungo no sapo-parteiro-comum na serra de Guadamarra [sic], em Espanha, em 1997, por Jaime Bosch, do Museu Nacional de Ciências Naturais de Madrid, um dos autores do novo estudo» («No cimo da serra da Estrela já não se ouve o coaxar do sapo-parteiro», Nicolau Ferreira, Público, 11.01.2013, p. 26).

      E agora, em vez de Sierra de Guadarrama, como se espera sempre que escrevam, serra de Guadarrama. Muito bem.

 

 

[Texto 2501]

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2