«Auditor júnior»

Hierarquias

 

 

      «No início dos anos 1970, ser “auditor júnior” neste ramo era, grosso modo, ser “moço de recados”, “paquete”, “tarefeiro”, apurou o DN/Dinheiro Vivo» («Franquelim Alves começou como paquete aos 16 anos», João Pedro Henriques, Miguel Marujo e Paula Sá, Diário de Notícias, 8.02.2013, p. 10).

      Aqui, «auditor» é empregado na primeira acepção que os dicionários acolhem: o que ouve. Neste caso, ouvia os recados. Com 16 anos, que mais podia fazer? (Para mim, grosso modo ainda é latim.)

 

[Texto 2584]

Helder Guégués às 09:31 | comentar | favorito
Etiquetas: