Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«Capitã»?

Arcaísmo, sim

 

 

      «Ontem, uma oficial do Exército responsável pela averiguação do acidente entrou em contacto com a cônsul honorária do Nepal, Maria Cruz, para se inteirar das necessitadas [sic] da família de Narendra Giri. “A família é muito pobre e não sei como vão conseguir pagar as despesas neste período. A capitã que me ligou foi muito cordial a oferecer o apoio”, disse a vice-cônsul» («Nepalês continua em estado de coma», Diário de Notícias, 21.02.2013, p. 23).

      Continuam a ignorar que é «consulesa» — e, neste caso, os dicionários não falham — o correcto. Em contraponto, vejam como a consulesa usou o termo capitã. Ninguém mais usa, actualmente, é verdade, mas a mim «capitoa» parece-me jocoso.

 

[Texto 2621]

2 comentários

Comentar post