«Pau de dois gumes»!

Sem gume

 

 

      «Ter um ex-primeiro ministro [sic] como colaborador de uma estação de televisão é sempre um ponto a favor e, no caso de Sócrates, personalidade nada consensual, muito mais. Acontece, porém, que este convite é também um pau de dois gumes» («Contexto explosivo», Nuno Azinheira, Diário de Notícias, 22.03.2013, p. 52).

      Não anda longe da «faca de dois legumes» de Jaime Pacheco, e Nuno Azinheira tem muito — muitíssimo — menos desculpa por este disparate.

 

[Texto 2701]

Helder Guégués às 07:44 | comentar | favorito