«Preferir uma coisa a outra»

Se até Camilo...

 

 

      Às 22h12 de ontem, escrevia-me um leitor: «Decorre na RTP (não sei se só aí) uma campanha de divulgação de uma iniciativa da Universidade de Aveiro em que vários intervenientes terminam os seus depoimentos com a seguinte frase: “Eu prefiro mudar o país DO QUE mudar de país.” Isto diz-se assim?» É claro que não diz, mas como são, imagino, catedráticos, reitores, investigadores a falar, pode haver quem duvide dos seus próprios conhecimentos. Não se diz que são os melhores cérebros que estão a emigrar?

 

[Texto 2759] 

Helder Guégués às 09:51 | favorito
Etiquetas: