Tradução: «cartouche»

Só para caçadores francófilos

 

 

      Paris, início da década de 1920. Uma senhora visita um museu na companhia de um amigo. Nas salas dedicadas às estátuas, o amigo, que conhece línguas antigas, «traduit les cartouches». «Traduz os cartuchos», verteu o tradutor. As acepções do cartouche francês são mais ou menos as mesmas do português «cartucho». E, em português, «cartucho» também é «cartela», que é o nome que se dá ao pergaminho, muitas vezes destinado à inscrição de uma legenda. O que me parece é que «inscrição» ou «legenda» traduziriam muito melhor o que se pretende dizer.

 

[Texto 299]

Helder Guégués às 23:51 | comentar | favorito
Etiquetas: