Não falta «pró-actividade»?

Falta ou não falta?

 

 

      No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, encontram-se registados os vocábulos, agora tão encontradiços, pró-activo e proactivo, mas somente proactividade. É também a solução da Academia Brasileira de Letras no seu Vocabulário. «Pró-activo», lê-se naquele primeiro dicionário, significa «o que é a favor da actividade». Já «proactivo» é o «que antecipa algo; antecipatório; que toma a iniciativa, não actuando apenas em reacção a algo; empreendedor». Se não são sinónimos — só com muito boa vontade nossa diremos que o são, mas apenas parcialmente —, mais estranha é a opção de não se ter acolhido também a forma «pró-actividade». Ou não?

 [Texto 3027]

 

Helder Guégués às 15:40 | favorito
Etiquetas: