«Endereço»?

Parecido, e por isso

 

 

      «A alma de reminescências como esta mora entre paredes. Uma das curiosidades é comprovar a obsessiva organização de Sabato, bastando para isso seguir as etiquetas dos caixotes dispersos pelo endereço, como “Cartas e documentos sobre a minha conduta e os meus fundos monetários”» («Ernesto Sabato. Santos Lugares de livros, astrologia e chocolate quente para os amigos», Maria Ramos Silva, «Liv»/i, 29.06.2013, p. 18).

      Hã? «Endereço» a significar «morada» ou «casa»? Há-de ser — afinal Maria Ramos Silva está na Argentina — castelhano, e de forma ínvia. Em português, «endereço» é somente a indicação da morada, não a própria morada. E como «endereço» se pode dizer em castelhano «dirección», que significa tanto a indicação da morada como a própria morada, creio que está explicada a confusão.

 

[Texto 3032]

Helder Guégués às 08:02 | comentar | favorito
Etiquetas: