Léxico: «indúbio»

A segunda vez que a leio

 

 

   «Curioso referir que Rui de Pina e o cronista anónimo não indicam qualquer plantação de pinheiros na zona de São Pedro de Muel [sic] com o fim de evitar a deslocação de areias que prejudicava as culturas agrícolas. Parece indúbio que o monarca ordenou a substituição de pinheiros mansos por bravos na região costeira em frente de Leiria. A tradição do século XVI ligou essa iniciativa à obtenção de madeiras para intensificar o fabrico de naus comerciais, mas é ainda bem pouco o que se conhece em tal domínio» (História de Portugal: Estado, Pátria e Nação (1080-1415), Joaquim Veríssimo Serrão. Lisboa: Editorial Verbo, 1977, p. 253).

 

[Texto 3043]

Helder Guégués às 16:37 | favorito
Etiquetas: