Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Relidos, não ficavam assim

Era só mudar

 

 

      «A em»? Era só mudar «em 1994» para outra parte da frase. «Há mesmo quem avente que não foi Pissarreira a, em 1994, na primeira fuga da prisão, matar uma septuagenária, o filho desta e uma criança de nove anos que chegava da escola e assistiu aos crimes» («“Tem uma falha na cabeça e anda por aí cheio de fome”», Fernanda Câncio, Diário de Notícias, 3.08.2013, p. 19).

      O advogado, russo, de Snowden não sabe falar russo? Era só mudar «apesar de não falar russo» para outra parte da frase. «Apesar de não falar russo, o advogado garante que Snowden se irá “adaptar facilmente” ao país que lhe deu asilo temporário, desafiando o pedido de extradição dos Estados Unidos» («Snowden em casa de amigos e à espera do pai e da namorada», Helena Tecedeiro, Diário de Notícias, 3.08.2013, p. 21).

 

  [Texto 3144] 

1 comentário

Comentar post