Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Plural de nome de povos

Ora, tão simples

 

 

      «Consolidado o irreversível processo que, em 1965, criou a Região Autônoma do Tibete e concluídas a reforma agrária e outras reformas democráticas radicais, sepultou-se de vez a ordem servil tibetana. O princípio de autodeterminação das minorias étnicas é garantido pela Constituição Chinesa no Artigo 14, aos mongóis, huis, tibetanos, miaos, lis e korais» (Relações Internacionais: Visões do Brasil e da América Latina, Estêvão Chaves de Rezende Martins. Brasília: Instituto Brasileiro de Relações Internacionais, 2003, p. 461).

      E também os sanyis, os yis, os hans, os naxis, os mosuos, os uigures, os manchus, os yaos, os dongs, os zhuangs... É assim, pois claro, mas parece que é preciso atravessar o Atlântico para se saber. Cá é tudo no singular — porque a ciência manda.

 

  [Texto 3145]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.