«A datar desse momento»

A datar deste momento, os Garcins

 

 

      «A datar desse momento, aboliu-se toda e qualquer complicação tanto para Teresa como para os Desqueyroux» (O Fim da Noite, François Mauriac. Tradução de Cabral do Nascimento. Lisboa: Estúdios Cor, 1957, p. 185).

      Pois se Cabral do Nascimento evitou o omnipresente «a partir de», nós também somos capazes. Quanto aos Desqueyroux, claro que não dá para perceberem, mas há mais exemplos: «– Conhece, é a senhora do Octávio Garcin... dos Garcins de Laburthe... Não são ainda aparentados? Estão agora em Paris» (idem, ibidem, p. 75). «As férias do Natal tinham trazido, na véspera à noite, Jorge Filhot a Saint-Clair. Foi a cozinheira dos Filhots quem preveniu, através do padeiro» (idem, ibidem, p. 186).

 

  [Texto 3327] 

Helder Guégués às 22:38 | favorito
Etiquetas: