«Mulherezinhas»

Ainda se usa

 

 

      Lê-se numa tradução recente: «Era uma dessas mulherezinhas discretas, obscuras como ratos, e que gostam de homens grandes.» É, vimo-lo no Assim Mesmo, a regra culta. Escrevi então: «Certo é que, ao contrário de outros estudiosos da língua, José Manuel Castro Pinto, no seu excelente Novo Prontuário Ortográfico (Plátano Editora) adverte: “Seria purismo injustificado escrever mulherezinhas e amorezinhos, até porque o plural se forma instintivamente numa relação directa: mulherzinha mulherzinhas” (p. 60 da 3.ª ed.).»

 

  [Texto 3435]

Helder Guégués às 16:11 | favorito
Etiquetas: