Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Cadeias e redes

Chain?

 

 

      «Nessa era de expansão, na qual a rede de jornais de Hearst convertera-se em fator político indiscutível no cenário do país, era visível a suspeita pública crescente aos propósitos de Hearst» (Império de Palavras, Jacques A. Wainberg. Porto Alegre: EdiPUCRS, 2003, 2.ª ed., p. 155).

      Talvez se use mais «cadeia de jornais», «cadeia de supermercados», mas será o mesmo? Uma das acepções de rede, no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, é «conjunto de pessoas, estabelecimentos ou organizações que trabalham comunicando entre si, sob uma direcção central». Parece ser o caso. A mesma acepção encontramos para cadeia no Aulete: «Conjunto de estabelecimentos, lojas etc. pertencentes a uma mesma empresa ou que atuam no mesmo ramo: cadeia de supermercados; cadeia de cinemas.» E talvez só no Aulete.

 

  [Texto 3736]

1 comentário

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.