Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Tradução: «wadi»

Por montes e vales

 

 

      «O que significa seguir por um caminho através dos campos e atravessar diversas valas e barrancos» (Na Síria. Conta-me cá como Vives, Agatha Christie Mallowan. Tradução de Margarida Periquito. Lisboa: Tinta-da-China, 2010, p. 79). No original: «It means taking a line across country and the crossing of innumerable little ditches and wadis.» Não me perguntem que nome lhes dava Fr. Pantaleão de Aveiro. Sei é que alguns dicionários da língua portuguesa registam o termo aportuguesado uádi ou uade, que é o leito de um rio nas regiões desérticas de África e da Ásia, geralmente seco, excepto na estação das chuvas. Curiosamente, na autobiografia de Agatha Christie publicada pela Asa (Alfragide: Edições Asa II, 2011), a tradutora, Elsa T. S. Vieira, usou o termo «uádi».

 

  [Texto 3789]

7 comentários

Comentar post