Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Provérbios e aspas

Já que não perguntam

 

      Uma coisa que me irrita muito é ver provérbios e ditos populares entre aspas. Qual o objectivo? Julgam estar a citar alguém com direitos de autor? Raciocinem, caramba! Não sei quê, «would be to let the tail wag the dog» fica logo no envoltório asséptico «equivale a “pôr o carro à frente dos bois”». Nas traduções, é todos os dias.

 

[Texto 11 481]

Léxico: «borregar»

Borregos, cavalos e aviões

 

      «Mais de uma dezena de voos tiveram de ficar em espera, um “borregou” a aproximação e dois tiveram de divergir para Faro com problemas de combustível» («‘Drone’ interrompeu operação no Aeroporto de Lisboa», Rádio Renascença, 20.09.2018, 14h01).

      Já em 2014, lembrar-se-ão, aqui tínhamos visto o verbo borregar. Não são necessárias as aspas, mas vá lá a gente meter isto na cabeça dos jornalistas. Se fossem robôs, já o sabiam, bastava pressionar com um ⍝.

 

[Texto 9952]