Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Itálico e siglas/acrónimos

Concordo que deve ser assim

 

      «Não é o board de editorialistas do NYT que vai escolher o próximo secretário-geral das Nações Unidas, mas em Abril estávamos claramente no acto I do processo. […] O NYT já terá descoberto que Guterres não
 usa quatro nomes, mas continua a não ser claro se os 20% de hipóteses de ganhar que 
o ex-primeiro-ministro português dizia ter subiram ou não» («Guterres, acto II», editorial, Público, 14.07.2016, p. 44). «Nesse dia, o DN dava conta de uma circular do Agrupamento
 de Escolas de Montemor-o-Novo onde os pais eram informados que nem o transporte escolar, nem o fornecimento de refeições, nem os prolongamentos de horário estavam assegurados na tarde de dia 10, já que a câmara dera dispensa aos funcionários do município para poderem ir à manifestação» («Quem paga os autocarros da CGTP?», João Miguel Tavares, Público, 14.07.2016, p. 48).

 

[Texto 6956]

Avatar

E para brincar

 

  «Marcos Ferreira, de 18 anos, está a preparar um tellagami, apresentação animada com um avatar que reconhecerá e falará com a sua voz, sobre o que é um LED» («Nesta sala, os professores não têm secretária e os conteúdos são problemas para resolver», Sara Dias Oliveira, Público, 3.05.2016, p. 10).

    Tem, realmente, muitas potencialidades esta aplicação (não digam nem escrevam app, se faz favor), a Tellagami, sobretudo no ensino. Mas garanto-lhe, Sara Dias Oliveira, que avatar não tem de estar grafado em itálico.

 

[Texto 6786]