Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Linguagista

Tradução: «amanuensis»

Ora, não me parece

 

      Todos os dicionários bilingues que consultei nos dizem que o inglês amanuensis se traduz por «amanuense». Será assim tão simples? É claro que o étimo é o mesmo, o latino amanuensis, «copista, escrevente», mas isso não chega. Vejamos: a que acepção de amanuense corresponde esta definição de amanuensis que está nos Oxford Living Dictionaries? «A literary or artistic assistant, in particular one who takes dictation or copies manuscripts.» Para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, por exemplo, amanuense é ou o «escriturário ou escriturária de secretaria pública» ou o «escrevente; copista». Estão aqui a sugerir-me «secretário», e creio que não há alternativa melhor, mas estou aberto a outras sugestões.

 

[Texto 9291]

Léxico: «lombalgia»

Queremos mais

 

      «A lombalgia é um dos tipos de dores de costas que mais pessoas afeta. Centra-se na zona lombar, entre a última costela e a região glútea, e pode irradiar para uma perna no caso de afetar o nervo ciático. [...] Segundo o presidente da Sociedade Portuguesa de Patologia da Coluna Vertebral, [o ortopedista Manuel Tavares de Matos] a lombalgia pode ser aguda (se durar entre um dia e seis semanas), subaguda (entre as seis e as 12 semanas) ou crónica (das 12 semanas em diante)» («Tem dores nas costas? Saiba como preveni-las», Rádio Renascença, 1.02.2018, 15h56).

      Com tanta informação disponível, que se pode revelar preciosa reunida num dicionário, não se compreende que os dicionários, como é o caso do Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, continuem a definir lombalgia apenas como dor na região lombar. O que surpreende é que o Dicionário de Termos Médicos — que não substitui o dicionário geral — não diz mais nem melhor. É manifestamente pouco.

 

[Texto 8661]