Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

A abreviatura FFAA, de novo

Mas pensem nisto de novo

 

      Sabiam que um texto meu sobre a abreviatura de Forças Armadas é o mais lido de todo o blogue? Pois é, parece mentira. Nele, defendia e argumentava que só pode ser FFAA. Passaram os anos e poucas vezes vejo a abreviatura correcta, mas aconteceu agora: «Se quisermos perceber o conflito em torno da pretendida reforma da Estrutura Superior das Forças Armadas (FFAA), que opõe militares de alta patente ao governo e a uma novel ad hoc aliança parlamentar PS-PSD-CDS, é inútil perder tempo com a ofensiva acusação de que os altos quadros das nossas FFAA recusam o primado constitucional do poder político democrático na definição e condução da política de Defesa» («Lógica política e gramática militar», Viriato Soromenho-Marques, Diário de Notícias, 3.07.2021, p. 10).

 

[Texto 15 294]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.