«A comando de»?

Tem de se ver

 

      «Há 150 anos, a tripulação da Marinha Real Britânica, a comando do capitão Richard Powell, desembarcou na ilha da Páscoa e retirou a estátua da aldeia de Orongo, um centro cerimonial no Sul de Rapa Nui, levando-a para o Reino Unido para a oferecer à rainha Vitória. Em 1869, foi doada ao Museu Britânico, onde passou a estar em exibição» («Museu Britânico devolve artefactos ao Iraque e Chile pede estátua moai de volta», Filipa Almeida Mendes, Público, 11.08.2018, p. 31).

      Habitualmente, é «sob comando de» que se usa. Estará «a comando de» afectado de francesia ou outra gafa? É o que se impõe investigar.

 

[Texto 9762]

Helder Guégués às 09:30 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: