Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

A importância de ser inglês

Queimados

 

 

    «A percentagem de trabalhadores que se encontra num estado de esgotamento (burnout) aumentou substancialmente entre 2008 e 2013. No ano passado, 15% dos trabalhadores inquiridos no âmbito de um estudo da Associação Portuguesa de Psicologia da Saúde Ocupacional (APPSO) evidenciavam sinais de esgotamento, quando em 2008 a percentagem que estava nessa situação era de 9%» («Percentagem de trabalhadores com sinais de esgotamento quase duplicou em seis anos», Alexandra Campos, Público, 13.03.2014, p. 12).

   E que jornalista ia deixar de usar o termo inglês? Nenhum. Embora esgotamento já diga tudo, e bem, tem de se acrescentar burnout, porque sim, embora signifique o mesmo. Uma espécie de Dupond e Dupont. 

 

 

[Texto 4218]

3 comentários

Comentar post