Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

A ironia e o asterisco

Agora querem acabar com a ironia

 

      «O que me surpreendeu verdadeiramente foi ter muitas pessoas a perguntarem-me se faltava um asterisco nas minhas mensagens do Twitter. Um asterisco? Que raio! Depois explicaram-me. Pelos vistos, no Twitter, há um código de conduta que nos manda começar mensagens irónicas com um asterisco. Assim sinalizamos que estamos a ser irónicos e deixa de haver mal-entendidos. Fiquei parvo com tamanha estupidez: se alguém sinaliza que está a ser irónico, então, automaticamente, deixa de haver ironia. Até porque, se se sinaliza a ironia com um asterisco, o resultado será que as pessoas, para serem irónicas, marcarão o texto com um asterisco, quando na verdade querem dizer exactamente o que lá está escrito. O asterisco passa a ser irónico» («A ironia é livre», Luís Aguiar-Conraria, Público, 27.11.2019, p. 6).

      De facto, se temos de assinalar que estamos a ser irónicos, deixa de haver ironia, o que é estúpido. Na oralidade, devem querer que pisquemos um olho para se assegurarem de que estamos a usar de ironia. É uma regra de idiotas para idiotas.

 

[Texto 12 369]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.