A preços de hoje

Vamos a contas

 

      «O custo estimado da obra rondaria as 6.500 libras (cerca de 421 mil euros considerando a inflação e convertendo o valor para preços correntes de 2014). […] O contrato de arrendamento teve início a 1 de Julho, mediante o pagamento de 75,70 francos por trimestre (cerca de 14 mil euros a preços de hoje)» («Damas da alta sociedade na I Guerra», Rita Garcia, Sábado, 30.12.2014, p. 68).

   Já tenho sugerido a autores este trabalho de ponderação, ou as comparações são ridículas, falsas e inúteis. Mesmo quando os autores são economistas, geralmente não aceitam a sugestão. Fica-me sempre a desconfiança de que não sabem fazer as contas, e quanto a isso também nada posso fazer, pois também não as sei fazer (e cada macaco no seu galho), mas suponho que há-de haver uma tabela. Algum leitor tem conhecimentos sobre estas questões?

 

[Texto 5434]

Helder Guégués às 23:31 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: