A trapalhada do AO90

Uma questão de visão

 

      Agora sim, temos o País mais unido que nunca: «À saída, perante vários apoiantes com tarjas e bandeiras, Bruno mostrou-se feliz e afirmou que a decisão era a esperada. Mas queixou-se da forma como foi implicado no processo. “Uns posts no Facebook não podem ser suficientes para que eu passasse o que passei. Ninguém está livre disto”, disse. Salientou, contudo, que, na sua óptica, era exigível que ficasse provada a sua inocência – não apenas a falta de provas do seu envolvimento» («Bruno absolvido despede-se dos juízes: “Até nunca!”», Jornal de Notícias, 29.05.2020, p. 17). «A família e amigos de Beatriz em Elvas estavam ontem em choque. A família, conhecida na cidade, vive sobre a ótica que lhes pertence» («Choque em Elvas com a morte de “menina da terra”», Correio da Manhã, 29.05.2020, p. 5).

 

[Texto 13 463]

Helder Guégués às 10:15 | favorito
Etiquetas: ,