Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Além da obra

Voltemos aos grandes

 

      «Um dos poucos textos sobre a arte da caça que da Antiguidade nos restam é o Cynegetikós [Cynegeticus], de Arriano, o grande historiador de Alexandre, grego que escrevia nos tempos de António Pio [Antonino Pío] e Marco Aurélio» (Sobre a Caça e os Touros, José Ortega y Gasset. Tradução de José Bento. Lisboa: Edições Cotovia, 2004, 2.ª ed., p. 24).

      No fundo, é como se o tradutor quisesse corrigir o autor. Arriano, romano, quando foi arconte em Atenas, escreveu a obra Κυνηγετικός, que Gasset cita pelo título latino, Cynegeticus. Três perguntas me ocorrem: está um tradutor autorizado a fazer tal? Não induz em erro o leitor? Não devia ser Kynegetikos em vez de Cynegetikós?

      Como podem ver, Gasset escreveu «Antonino Pío» (estou a citar a edição de 1962 de La Caza y los Toros da Espasa-Calpe, p. 18), e José Bento optou (?) por verter para «António Pio». Contudo, Titus Aurelius Fulvus Boionius Antoninus é conhecido entre nós por Antonino Pio.

 

[Texto 4123] 

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.