Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Angolismos e termos angolanos

Culpa dos pulas

 

 

    Não faltam termos angolanos e angolismos no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. Angolismos na nossa língua não são muitos, assim de repente só me lembro de caçula, cota, fuba, funje, jindungo, musseque e soba. Todos registados naquele dicionário. Quanto a termos angolanos acolhidos naquele dicionário, a primeira dúvida é logo: porquê só estes? Regista alembamento, anhara, babular, bassula, bolacha, bombó, bonhar, bumbar, cachico, cacitane, cacusso, cafrique, calema, calulu, caluanda, calundu, calunga, calungangombe, camba, canuco, cassacambe, catolotolo, cazumbi, caxexe, caxi, caxicagem, caxico, caxinde, caxipembe, chimboto, cubicar, cubico, cumbu, jinguba, loacos, lombongo, luando, mabululos, maca, macota, maculo, mambo, massambala, martrindinde, matona, ngololo, pacaça, pula, quilápi, quimbala, quimbanda, quimbári, quimbo, quimbombeiro, quimbombo, quinguila, quissângua, quizaca, revienga, salalé, zâmbi, zunga... Mas não regista bichocho, bilô, caleluia, candongueiro, cassunguminha, lombonde, ngovola, papóite, quimbandeiro, uminada... Enfim, é preciso continuar a trabalhar.

 

[Texto 4987]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.