«Ao de cima»

À superfície

 

      A personagem não queria «voltar ao de cimo». A culpa é da mãe, a autora. Podia escrever ao de cima ou ao cimo, duas formas de escrever a locução adverbial, mas não, misturou tudo. Ocorre-nos logo o provérbio a verdade e o azeite vêm ao de cima, que corresponde mais ou menos ao adágio latino nihil diu occultum, «nada oculto por muito tempo».

 

[Texto 5636]

Helder Guégués às 19:13 | favorito
Etiquetas: ,