«Apear/desmontar»

Elpino, volta aqui

 

      «Ao grande aceno/Do burro se desmonta o bom Sileno», escreveu Elpino Nonacriense. Não em verso, mas também eu falei desta maneira, e o dono das burras acto contínuo corrigiu-me: «Apear.» Não será que me errogiu, como diz a criancinha?

 

[Texto 9868]

Helder Guégués às 08:46 | favorito
Etiquetas: ,