As imprecisões da imprensa

Do pó, talvez

 

 

      «Estava na lista da Direção-Geral de Segurança Interna francesa porque terá estado mais de um ano na Síria – depois de ter sido condenado sete vezes por roubos e conduzir sem carta e ter cumprido pena em cinco ocasiões – e tinha na sua posse um pano com uma inscrição do grupo jihadista Estado Islâmico do Iraque e do Levante» («Suspeito do ataque a Museu Judaico é francês e passou um ano na Síria», S. S., Diário de Notícias, 2.06.2014, p. 27).

      Um pano... Será a melhor palavra para descrever o que ele tinha na sua posse? Claro que nunca chegaremos a nenhuma conclusão, porque a imprensa internacional ora fala numa «white sheet emblazoned», ora numa «white sheet scrawled with the name of the Islamic State of Iraq and the Levant», ora numa «flag with the inscriptions of the Islamic State of Iraq and the Levant (ISIS)»... Mas um pano...


[Texto 4656] 

Helder Guégués às 09:42 | comentar | favorito
Etiquetas: