Bolçar no Facebook. Um caso triste

Escrever sem pensar nem saber

 

      Acabaram de me dizer que João Soares, na sua página do Facebook, prometeu uns pares de estalos a Augusto M. Seabra e a Vasco Pulido Valente. Valente. Fui ver. Acusa o primeiro de ter voltado a bolçar no Público outras aleivosias. Nos muitos comentários que se seguem, há um de um tal José Tomaz Mello Breyner — seguido por 2605 pessoas —, que quer ensinar o ministro a escrever: «Senhor Ministro da Cultura, saiba Vossa Excelência que “bolçado” se escreve com S e não com Ç. Dê lá as bofetadas mas pelo menos escreva Português correctamente.» Francamente! Como é que alguém se atreve a criticar sem se certificar? Está completamente errado, Sr. Mello Breyner: no sentido usado por João Soares, é mesmo com ç, bolçar. Pobres seguidores...

 

[Texto 6728]

Helder Guégués às 10:23 | comentar | favorito
Etiquetas: ,