«Butelo», de novo

Como já tínhamos falado de butelo

 

      «Butelo. É um enchido oriundo do Nordeste Transmontano feito com os ossos e a carne de suã (espinhaço do porco) e, por vezes, também com o rabo do porco. A carne fica vários dias em vinha-d’alhos, a que se acrescenta mais ou menos colorau, conforme a região. É com este preparado que se enche o bucho ou a bexiga do porco, na altura da matança. Também é conhecido por palaio ou bulho. É no Carnaval que se comem os últimos butelos» («Butelo», Adriana Freire, «Notícias Magazine»/Diário de Notícias, 15.02.2015, p. 53).

      No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, está, mais singelamente, assim: «enchido transmontano feito com os ossos e as cartilagens das costelas e das vértebras do porco, geralmente misturados com sal, alho e louro; bulho».

 

[Texto 5569]

Helder Guégués às 09:46 | favorito
Etiquetas: