Canhotos hábeis

Sinistro

 

      «Se sentar nove pessoas à sua volta, haverá uma que faz tudo com a mão esquerda. Antigamente, canhoto era sinónimo de desajeitado. O tempo e o interesse da ciência no assunto trouxe [sic], contudo, outras leituras: os esquerdinos têm mais jeito para as artes, para a música e até para a matemática» («11% da população escreve como Barack Obama ou Bart Simpson», André Rodrigues, Rádio Renascença, 17.01.2018).

      Nos dicionários, ainda é assim: em sentido figurado, canhoto é o que não tem habilidade, canhestro, desajeitado. E tem de continuar a ser assim, sob pena de, eliminando-o dos dicionários, por cedência ao politicamente correcto, os novos falantes não saberem o que significa, ou, em rigor, estranharem a sua ausência dos dicionários, porque os falantes continuarão sempre a usá-lo com este sentido, não é como a legionela, que foi proibida pelo governo PSD-CDS. Era Portugal à Frente (PàF). Paf! 

[Texto 8596]

Helder Guégués às 21:29 | comentar | favorito
Etiquetas: