«Caudal»: masculino ou feminino?

Para corrigir

 

      «Para vós, Bórgias, para vós, raça de Locusta, e de Brinvilliers, para vós, envenenadores impunes, o patíbulo neste mundo, donde fugiu espavorida a vergonha e a justiça; e as caudais de súlfur em combustão eterna nas furnas tartáreas, onde é de fé que dá urros medonhos um condenado chamado Nicot, que trouxe para a Europa o tabaco, e teve a impudência de o trazer a Portugal em 1560, onde viera com embaixada de França» (O Que Fazem Mulheres, Camilo Castelo Branco).

      É substantivo masculino ou feminino, indiferentemente — mas não para todos os dicionários. Para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, caudal, a torrente impetuosa, é somente do género masculino. Para corrigir, meus senhores.

 

[Texto 6316]

Helder Guégués às 15:44 | favorito
Etiquetas: ,