Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Chefe de família...

Era o poder marital

 

      «A família Carvalho, de Santa Comba Dão, juntou-se a outros 10 agregados familiares de todo o mundo para exigir às instâncias europeias mais ambição e uma resposta firme no combate às alterações climáticas. A ação judicial dá entrada esta quinta-feira no Tribunal da União Europeia. [...] Armando, engenheiro florestal e chefe da família Carvalho, não tem dúvidas de que as alterações climáticas foram as grandes culpadas dos fogos ocorridos há mais de sete meses, que semearam um rasto de destruição e morte em vários concelhos da zona Centro do país» («Família portuguesa processa Parlamento Europeu por tragédia dos incêndios», José Ricardo Ferreira, TSF, 24.05.2018, 11h02).

      Santa Comba Dão, chefe de família... Está aqui qualquer coisa errada. Ah, sim, Santa Comba Dão está certo. Ou é só impressão? José Ricardo Ferreira, essa figura, o chefe de família, deixou de existir a 25 de Novembro de 1977 — há 14 791 dias. Agora, a redacção do artigo 1674.º do Código Civil é outra.

 

[Texto 9280]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.